9 de setembro de 2007

PERFECT = Pais vS Filhos.

Sempre há dias em que, as pessoas que sempre deveriam estar do nosso lado para nos colocar pra cima e teoricamente cuidar de nós, resolvem fazer da nossa vida um inferno e nos colocar ainda mais pra baixo.

Vamos lá... vamos jogar o lado deles de ter o filho perfeito:
De preferência Heterossexual, com uma carreira estabilizada, dinheiro no bolso, saúde e fazendo um doutorado. O tipo de pessoa que aos 24 anos tem tudo sobre controle, e é praticamente um robô feliz, formado eu uma carreira que que se usa terno e gravata 24h por dia, num cargo de serviço público.

Modelo que eles tem em mãos: 24 anos, designer, desempregado, nem com tanta saúde assim, mas não importa mto pra eles... pq a dor é em mim e eu naum tenho plano de saude. Gay, sim, obrigado, orgulhoso disso, sim, obrigado... Formado em design gráfico, mas não consegue uma conta descente, pq o mercado tah uma bosta... Não sou um robô feliz, contesto o sistema, odeio concurso e emprego público, pq todos que vieram antes fizeram o Brasil ser a merda que é hj em serviço público, mamatas e o caralho. Não tenho vocação de viver agradando pai e mãe... e tampouco qq um... Não tenho tudo sobre controle. Mas tenho um bom coração, apesar de tudo. E infelizmente sei disso.

Aí eu já acordo todo dia de domingo de mal humor, sei que vou ligar a TV e ter que dar de cara com o Faustão qq hora dessas ,ou o Gugu, com todo aquele lixo enlatado que elese enfiam goela a baixo do povo com cultura de massa.
Vou ter que aturar almoço de família, com alguém falando mal de alguém, ou se comparando com alguém... vou pra internet, e a velox de dois gigas é mais lenta que uma tartaruga aquática apostando corrida no Deserto so Saara com um coelho...
E olho nos classificados e porra nenhuma aparece...
aí mamãe vê a filha da Luiza Brunet na revista Caras... e começa a ladainha...
cobrar, o emprego perfeito, o namorado perfeito, a vida perfeita e além disso tudo uma propria maneira de facilitar a sua vida.

É estranho como na maioria das vezes, nenhum desses seres tem a sapiência ou quem sabe, a delicadeza de perguntar de você próprio está bem, ou se as coisas vão bem pra você... Bem, isso se chama família... Onde eles só te amarão, do jeito que você realmente é... se você for perfeito dentro da visão deles.
O que eles esquecem, é que quase nunca a gente pode pedir para que eles sejam perfeitos para nós, ou pensem em nós como indivíduos e não como uma extensão deles.
Este post, é talvez até pessoal demais, coisa que eu me prometi que não faria nesse blog, mas dá pra entender neh?

Abaixo vai uma musiquinha perfeita para essas pessoas, a qual gentilmente, temos que chamar de pai e mãe, mesmo quando eles apontam o dedo para gente nos chamando de coisas que não suportariam que o vizinho falasse de nós. Nos comparando com X ou Y quando ninguém é igual a ninguém, e usando parâmetros dos tempos em que eles eram adolescentes, e vc nem sonhava em nascer ou morrer durante uma punheta do seu pai.

E agora estamos aqui. Tentando ser perfeitos para seres imperfeitos, que nós cobram uma perfeição que não existe. Hipocrisia é pouco... aff.

Chega... pelo menos curtam o som. Essa musica é rara de se conseguir em acústico. E ALanis ao vivo é sempre Alanis...



Perfeito

De vez em quando nunca é o bastante
Se você é impecável, então ganhará meu amor
Não esqueça de tirar primeiro lugar
Não esqueça de manter aquele sorriso em sua face

Seja um bom menino
Tente um pouco mais
Você tem que se impor
E me fazer orgulhosa

Quanto tempo antes de reparar?
Quantas vezes tenho que lhe dizer para se apressar?
Com tudo que faço por você
O mínimo que você pode fazer é ficar quieto

Seja uma boa menina
Você tem que tentar um pouco mais
Aquilo simplesmente não foi bom o bastante
Para nos orgulharmos

Viverei de acordo com você
Farei de você o que nunca fui
Se você é o melhor, então talvez eu também seja
Comparado com ele, comparado com ela
Estou fazendo isto para seu próprio e maldito bem
Você compensará tudo que sofri
Qual é o problema... por que está chorando?

Seja um bom menino
Force um pouco mais agora
Aquilo não foi rápido o bastante
Para nos fazer feliz
Nós te amaremos pelo que você é, se você for perfeito

© Blogger | CREATIVE.DE